ANA classifica como crítico o volume de água na bacia do Rio Paraná

A ANA, Agência Nacional de Águas, classificou como crítico o volume de água na bacia do Rio Paraná. A agência formou um grupo técnico para monitorar e auxiliar a tomada de decisões sobre os recursos hídricos nos estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. São grandes centros do agronegócio brasileiro. O coordenador de Sustentabilidade da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Nelson Ananias, destacou a importância da água para o produtor rural. Boa parte dessa produção depende dos rios para escoar a produção. O coordenador de Logística para a Produção Agropecuária do Ministério da Agricultura, Carlos Alberto Batista, citou os dados da exportação de granéis agrícolas este ano. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, avaliou que o transporte hidroviário será afetado pela crise hídrica, mas afirmou que o governo trabalha com alternativas para as hidrovias. O Ministério da Infraestrutura tem feito a dragagem de rios, ou seja, tem feito medidas para desobstruir o caminho dos navios para melhorar a navegabilidade durante o período de estiagem.

Publicado em 29/06/2021 – 08:01 Por Victor Ribeiro, Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *