Locutor, apresentador, animador!

Começou no rádio em 1983 como sonoplasta
Em 1984 estreia como locutor na Rádio Difusora em Uberlândia
No mesmo ano já convidado para a Paranaiba FM ficou por lá 3 meses e logo foi chamado para a Rádio Cultura FM a mais ouvida na época dando um salto rápido em sua carreira.
Dali em diante foram varias mudanças a convite de outras emissoras pelo seu trabalho
e carisma no ar.
Trabalhou em Cuiabá - MT, Goiânia - GO e em Uberlândia onde começou passando por todas as emissoras locais.
Mais foi em 2007 que decidiu dedicar e especializar na música caipira.
A criação do Projeto Cultural Viola Viva teve a participação do irmão Julio Viola que era publicitário e Marcos Teixeira também publicitário que através da ideia de André Viola começaram a valorizar e criar o movimento em Uberlândia reunindo artistas e amantes da música de viola no Camaru (Parque de Exposições em Uberlândia) que teve total apoio do Sindicato Rural através do diretor Luiz Greg e do presidente Paulo Roberto.
Foram algumas apresentações de jovens violeiros que hoje são destaques no cenário nacional.
Foi um reconhecimento muito rápido vindo do publico e dos artistas por terem ali uma programação direcionada ao segmento caipira!

Agradecimentos:
Stephanie
Alessandra
Giovanna
Humberto
Pelo apoio na realização.

O Viola Viva então passou a transmitir pela primeira vez on-line em 20 de outubro de 2007

Em 2009 o Diretor André Viola recebe o convite para participar da EXPOCACHAÇA em Belo Horizonte para expor a Rádio Viola Viva com estande e visibilidade para a nossa cultura caipira.

Entrega desta homenagem estão José Lucio e Vicente idealizadores da Expocachaça no Brasil

Em 2010 fomos indicados para o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira

Na foto: Ricardinho, Bilora, André Viola e Yassyr Chediak