Câmara aprova mudanças em regras de registros de patentes

Deputados aprovaram nesta terça-feira um projeto de lei que faz ajustes na legislação brasileira ao Protocolo de Madri, que define regras para o registro internacional de patentes. O protocolo em vigor no Brasil desde outubro de 2019 permite o depósito e registro de marcas em 108 países por meio da administração e pagamento de retribuições centralizados na Organização Mundial da Propriedade Intelectual. Segundo o texto, será criado o registro provisório, procedimento adotado em outros países. Em linhas gerais, a proposta prevê que o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) deverá criar as condições para o pedido provisório de patente, que deverá descrever com clareza o objeto a ser patenteado e comprovar o pagamento do depósito. Entretanto, o pedido provisório não poderá reivindicar a prioridade de um pedido anterior. Em 1 ano, o pedido provisório será convertido em pedido de patente. Se depois desse tempo o inventor não pedir a conversão do pedido, ele será arquivado. A proposta segue agora para análise do Senado.

Edição: Roberto Piza/Edgard Matsuki

Publicado em 30/06/2021 – 08:55 Por Kariane Costa – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *